Viajando, nesse exato momento…

viagem
(Foto no Aeroporto de BH | Jul/17) É isso mesmo, nesse exato momento: viajando. Viagem longa. A primeira de todas. A primeira de muitas. Amém. Sobre viajar, tem coisa melhor? Viajar é saber explorar coisas que no dia-a-dia você não vive. Viajar é saber viver tudo aquilo que não é possível viver sempre. Viajar é entender melhor sobre si mesma e sobre a falta que os outros nos fazem. Viaje muito. Viaje sempre que pode. Viaje para qualquer lugar. Viaje para longe. Viaje para perto. Viaje sozinho. Viaje com amigos. Viaje com namorado. Viaje com família. Não importa, viaje. Viajar sozinha é meu tipo de viagem preferida. Não que eu ...

Das coisas que o mundo perdeu…

você_ajuda_o_mundo_01
O mundo perdeu. Perdeu a noção. Perdeu a luz. Perdeu a paz. Perdeu a vibe. Noção de como ser leve, alegre. Noção de como ser justo e como dar exemplo de justiça. Noção de como ser quem deveria ser o certo, o correto. Aquele que deveria ajudar e dar apoio necessário a quem vive aqui. Noção de como se honesto. Noção do que é verdadeiro, do que é real, do que é correto. Luz, brilho. Perdeu a luz daquela verdade por de trás de tudo que acontecia. Perdeu o brilho que incendiava nossos corações e cegava nossos olhos com sua estonteante beleza. Perdeu o brilho dos verdes com o desmatamento. ...

De mãos dadas com você…

IMG_9445wwww
Encontre uma pessoa que te apoie nos seus sonhos e objetivos. Encontre uma pessoa que não sinta vergonha das suas loucuras, que embarque nelas com você, mas que ao mesmo tempo, também saibam te dizer quando parar. Encontre uma pessoa que, não importa o que aconteça, esteja do seu lado para compartilhar os choros e as alegrias. Para dividir as contas e a cama também. Na cama encontre alguém que te encoraje, te complete e também te divida! Encontre uma pessoa que independente do que for, saiba o momento de te dizer “é agora” ou “pode parar”. Uma pessoa que não tenha medo de enfrentar junto com você, os seus ...

Moda consciente em evolução

foto-3
Sempre fui muito ligada a moda, ou pelo menos sempre, desde que parei de usar calça larga e tênis com cadarço colorido amarrado na perna, acho que uns 12/13 anos por aí. Foi mais ou menos nessa época que descobri o encanto da moda, e o que ela poderia fazer por mim. Minha história com a moda mesmo, começou quando minha mãe me colocou em um curso de modelo e eu virei menininha, dessas fofas que usam cor-de-rosa e lacinho. Aprendi a andar com postura, o que era e como ter etiqueta, e todas essas coisas de menininha. Nessa fase comecei a me apaixonar por roupas, sapatos de salto alto, ...

Já é metade do ano, um pouco mais…

A-mudança
Já é julho. Um pouco mais da metade do ano. Daqui a pouco é agosto. Sou dessas pessoas que adora um misticismo e segue alguns bem a risca. Não passo embaixo da escada; tomo banho de ervas e de sal grosso também; bato na madeira; peço e pulo três vezes pra São Longuinho; corto cabelo na lua cheia e faço o sinal da cruz três vezes quando tenho um mau pressentimento ou passo na frente de uma igreja. Acredito em tarô e justifico meu mau humor com astrologia, dizendo que a Lua está em Câncer e que já vai passar, afinal é só inferno astral. Eu realmente acredito em tudo ...
1 2 3 29